10 Edifícios Mundialmente Famosos Para Inspirar Você

Seja você um diretor de arte ocupado ou um ilustrador trabalhando em casa, toda pessoa criativa precisa de tempo de inatividade. E não há maneira melhor de relaxar e se inspirar do que ir para algum lugar que você nunca esteve antes.

Sempre que viajamos para lugares distantes, somos atraídos por aqueles edifícios famosos. Assim como uma fotografia, os projetos arquitetônicos registram detalhes de momentos específicos no tempo.

Mas, ao contrário de uma fotografia, as estruturas físicas passam a ter vida própria, tornando-se uma parte central e funcional da vida de inúmeras pessoas por centenas, senão milhares, de anos depois de terem sido construídas.

Aqui, escolhemos 10 dos projetos de construção mais famosos de todo o mundo para inspirar você.

1. A Casa Dançante, Praga

Com o nome de The Dancing House, o edifício Nationale-Nederlanden de Praga foi projetado pelo arquiteto croata-tcheco Vlado Milunić e pelo arquiteto canadense-americano Frank Gehry.

A arquitetura desconstrutivista – ou nova-barroca – forma uma espécie de dança incomum graças a 99 painéis de concreto, cada um com uma forma e dimensão diferente. Provou-se tão popular que o edifício agora possui uma moeda de coroa checa de ouro. Foram 2.000 moedas emitida pelo Banco Nacional Tcheco.

2. Museu de Arte de Milwaukee, Wisconsin

O Museu de Arte de Milwaukee é um marco arquitetônico, composto por três edifícios. O War Memorial Center (1957) foi projetado pelo arquiteto finlandês-americano Eero Saarinen; o Edifício Kahler (1975), de David Kahler; e o Pavilhão Quadracci (2001) foi criado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava.

Com vista para o Lago Michigan, ele está ligado diretamente à Avenida Wisconsin através de uma passarela de cabos. Os pedestres podem atravessar a Lincoln Memorial Drive na ponte e seguir para o pavilhão, enquanto os motoristas entram por um estacionamento subterrâneo abobadado, onde pares de colunas de concreto formam uma série de elementos em formato de esqueleto, em forma de letra ‘V’.

3. Templo de Lótus

O Templo de Lótus é uma Casa de Adoração Bahá’í em Nova Delhi, consistindo de 27 estruturas que se assemelham a pétalas da flor de lótus que se abrem para um salão central de cerca de 40m de altura. Tem nove lados, nove portas e pode acomodar 2.500 pessoas. Sua superfície é feita de mármore branco do Monte Pentélico, na Grécia, o mesmo mármore usado para construir o Parthenon.

Desde a sua conclusão em 1986, tornou-se um dos edifícios mais visitados do mundo, atraindo mais de 100 milhões de pessoas.

4. Catedral de Colônia

A Catedral de Colônia é uma basílica de cinco corredores de alta gótica, cuja construção começou em 1248 e parou em 1473, antes da conclusão do edifício. O trabalho não foi retomado até o século XIX, e foi finalmente concluído em 1880. O trabalho posterior segue fielmente o plano medieval original.

É conhecida como uma obra-prima gótica e abriga muitas obras de arte, bem como os túmulos de 12 arcebispos.

5. Cúpula da Rocha, Jerusalém

Uma obra-prima da arquitetura islâmica, o Domo da Rocha é um edifício do século VII, localizado em Jerusalém. Construído pelo califa Abd al-Malik entre 687 e 691, o plano octogonal e a cúpula rotunda da madeira são de desenho bizantino. Os azulejos persas no exterior e as lajes de mármore que decoram o interior foram acrescentados por Suleiman I em 1561.

O mais antigo monumento islâmico existente, o Domo da Rocha serviu de modelo para a arquitetura e outros empreendimentos artísticos por mais de um milênio.

6. La Pedrera, Barcelona

Aninhados entre as ruas urbanas de Barcelona estão alguns edifícios incomuns e belos desenhados pelo arquiteto infame Antoni Gaudi. Sua abordagem única ao movimento Art Nouveau gerou alguns dos edifícios mais criativos que o mundo já viu. E La Pedrera não é exceção.

Uma das casas mais imaginativas da história da arquitetura, isso é mais escultura do que construção. A fachada é uma massa variada e harmoniosa de pedra ondulante que, juntamente com as suas varandas de ferro forjado, explora as irregularidades do mundo natural. A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) reconheceu este edifício como Patrimônio Mundial em 1984.

7. One World Trade Center, Nova Iorque

A mais recente adição ao horizonte de Nova York, o One World Trade Center, é o arranha-céu mais alto do hemisfério ocidental. A construção começou em abril de 2006 e o ​​componente final da torre do prédio foi instalado cinco anos depois, em 2013, tornando-se o quarto arranha-céu mais alto do mundo.

O projeto do One World Trade Center não é coincidência, com uma altura simbólica de 1.776 pés (541m), em um aceno direto ao ano da Declaração de Independência dos EUA.

Projetado por David M Childs, da Skidmore, Owings & Merrill , a torre de vidro de 104 andares eleva-se de uma base de cubos antes de se transformar do 20º andar em oito elegantes triângulos de isocele. Ao lado do belo memorial do 9/11 da cidade, o One World Trade Center é um farol brilhante para a cidade.

8. Catedral de São Paulo, Londres

O edifício mais emblemático de Londres, a Catedral de São Paulo, foi projetado pelo arquiteto inglês Sir Christopher Wren. Sentado no topo de Ludgate Hill, o ponto mais alto da cidade de Londres, sua famosa cúpula é uma das maiores do mundo, medindo quase 112 metros de altura.

A igreja original foi fundada no ano 604AD. O trabalho na atual igreja barroca inglesa começou no século 17 por Christopher Wren como parte de um grande programa de reconstrução após o Grande Incêndio de Londres.

Wren começou a trabalhar em St. Paul em 1668, seus projetos para a catedral demoraram uma década para serem concluídos e a construção atual levou mais de 40 anos. São Paulo tem desempenhado uma parte integrante da vida de Londres desde então – como um elemento dominante no horizonte da cidade, como um centro de turismo e culto religioso, e mais recentemente como um ponto focal para protestos anticapitalistas.

9. Petronas Towers, Kuala Lumpur

Situada a 170 metros acima do solo, as Petronas Towers são arranha-céus gêmeos em Kuala Lumpur, na Malásia. Os prédios, que detinham o título de mais alto do mundo entre 1998 e 2004, são um marco icônico da capital.

O distinto estilo pós-moderno foi criado pelos arquitetos Cesar Pelli e Achmad Murdijat, pelo engenheiro Deejay Cerico e pelo designer Dominic Saibo, sob a consultoria de JC Guinto.

10. A Casa Branca, Washington

O arquiteto irlandês James Hoban foi o homem por trás do design da Casa Branca. Em 1792, Hoban apresentou um plano para a mansão presidencial e subseqüentemente conseguiu a comissão para construir a Casa Branca. A construção começou em 1793 até a conclusão em 1801. A mansão, que tem sido o lar de todos os líderes dos EUA desde o segundo presidente do país, John Adams, é feita de arenito pintado de branco.

Gostou do artigo? tem alguma sugestão? Deixe seu comentário e Compartilhe com amigos!

 

Fonte: SuperCriativo